Festa Temática Anos 90 - 30 anos


Não sei se quem chegou a essa idade sente isso, mas parece que os 30 são os novos 20, rs (pode ser confortante pensar assim). Bem, resolvi fazer uma festinha para comemorar meu aniversário com o do meu marido, que também fez 30...



A idéia era uma festa estilo ‘quando éramos crianças’, o que inclui bolo enrolado no papel alumínio, bolão cheio de guloseimas, saquinho surpresa, bala de coco embrulhada no papel... Então, era isso que queríamos (se você não lembra, acredite que isso fazia a decoração legal, tipo cupcake de hoje rs). O desafio estava lançado, precisava fazer meu planejamento.
Precisava anotar tudo o que eu tinha em mente para a festa, decoração, dj, comida, bebida, banda, brindes .... Após as ideias iniciais, parti para minhas planilhas e cronograma, depois fiz as consultas de preço e fechei as ideias.
O que estipulei: A festa teria Dj e banda (meu marido e amigos), mas todas as músicas seriam anos 90, toda a decoração seria da época, incluindo brinquedos como Acquaplay, Barbie, Joguinhos, Capas de discos, Comandos em Ação, Mamíferos Parmalat, Bambolê e etc... 





Além disso, teria o bolão (aquele que estoura cheio de guloseimas), saquinhos surpresa, mesa de guloseimas, balas de coco embrulhadas, docinhos da época (moranguinho, cajuzinho, beijinho, brigadeiro, casadinho, brigadeiro branco e olho de sogra). 

Para comer salgadinhos, cachorro-quente, gelatina e pipoca.... 




As toalhas das mesas do bolo, doces e guloseimas seriam feitas de papel crepom (quem se lembra?!), o painel também (eu não queria nada de modernidade). As mesas dos convidados, cujas toalhas eram de plástico, tinham como centro de mesa um cachepot com balas de coco e bolinhas presas no palito...., colocamos ainda brinquedinhos a disposição como nariz de palhaço, pulseira bate enrola, joguinho, sem contar com os chapeuzinhos para o parabéns e a caixa de bolo de isopor!

Confesso ter tido certa dificuldade para achar coisas da época, muitas balas, por exemplo, não existem mais, brinquedos antigos não são tão fáceis de achar, mas no fim tudo deu certo, e recordar cada detalhe foi incrível, melhor ainda foi a surpresa estampada na cara dos convidados, por relembrar coisas na nossa infância.



Antes da festa, fui 2x ao Saara e 1x ao centro da cidade onde moro. Na primeira ida (cerca de 1 mês antes da festa), comprei tudo que achava que fosse precisar (havia feito uma lista antes). Na segunda ida às compras, no centro da cidade onde moro, acabei comprando o que percebi que faltava e não havia encontrado no Saara. Por fim, no final de semana anterior à festa, já sabia de tudo que faltava e comprei o necessário. Como a festa seria realizada no domingo, não podia faltar nada, pois eu não encontraria nenhuma loja aberta para comprar. Assim sendo, o controle e planejamento deveriam estar bem alinhados.
Gosto de ressaltar que o planejamento não garante 100% de acerto, na minha visão ele diminui a probabilidade de erros e esquecimentos. Quando estamos perto da festa e no agito dela, é mais custoso lembrarmos de certas coisas, o planejamento nos ajuda a lembrar o que temos em mente e não esquecer de darmos andamentos a detalhes menores, mas não menos importantes, que tínhamos pensado inicialmente.


Essas capas de disco para enfeitar a parede quase foram esquecidas 
Resolvi não contratar nenhum buffet, pois tive dificuldade de encontrar um que fizesse exatamente o que queríamos. Todos já vinham com seu pacote pronto e mostravam resistência a mudanças. Até resposta mal criada tive que receber por pedir isso... enfim, achei melhor tomar conta eu mesma.
O que tive que correr atrás além da decoração:

  • Contratação de fotográfa (válido investimento e fiquei tranquila durante a festa);
  • Encomenda de balas de coco caseiras (encomendei MN balas pelo site, excelente);
  • Contratação de equipe de garçom e fritador;
  • Contratação do DJ e de equipamento para banda; (se você precisa da lista de músicas anos 90, dê uma olhada nesse post aqui link);
  • Aluguel de mesas e cadeiras;
  • Aluguel do espaço;
  • Aluguel da tina para bebidas;
  • Encomenda de bolo (calculei 1 fatia por pessoa);
  • Encomenda de doces (calculei 5 docinhos por pessoa);
  • Comprar comidas (calculei 7 salgadinhos por pessoa, ainda teria cachorro quente);
  • Comprar guloseimas;
  • Comprar bebidas;
A festa começou às 17:00hs e terminou um pouco após as 22:00hs. Importante ressaltar para a organização da festa:
- Pôr as bebidas para gelar no dia anterior ou no dia da festa bem cedinho;
- Lembrar de separar na véspera tudo que escolheu para decorar (já deixando separado facilita para o dia da festa);
Para a decoração, organizei assim:
- Mais ou menos um mês antes da festa medi as mesas de bolo, doces e guloseimas e fiz as toalhas de mesa de papel crepom;


Como ficaram as toalhas de mesa
- Comprei toalhas de mesa de plástico grosso e colorido (em loja de plásticos) já cortadas para as mesas, além disso, coloquei uma toalha decorada de plástico fino em cima (essas toalhas vem em um saquinho com 10, só que são pequenas e não cobrem a mesa);



- Comprei bolas metálicas para enfeitar a mesa de bolo;
- Um bujão descartável de gás hélio para algumas bolas;
- Tecido para forrar a parede atrás da mesa de bolo;
- Displays para decorar as mesas (comprei todos no Elo7);
- Potes de vidro para decorar mesas de guloseimas;





- Bonequinhos para decorar as mesas;



- Catei brinquedos antigos para decorar a festa;



  
- Comprei bandejas de papelão prateado e decorei com papel crepom;



- Encapei bolas de isopor com alumínio e prendi os pirulitos;



- Fiz os saquinhos surpresa com 1 semana de antecedência;




O dia da festa é muito corrido, tenha já rascunhado como você vai querer a decoração. Os imprevistos sempre vão acontecer, tente relaxar e não perder o foco. Por mais que esteja na hora e nem tudo esteja pronto, tente tirar um tempo para se arrumar, é muito chato estarmos exaustos e com aquela cara de cansaço na festa... Afinal, você tem que curtir a festa também ;)


Postar um comentário