Dicas Sul da França - Parte 1 - Cassis

Há cerca de 1 ano fiz a viagem para a França, incluindo o Cote D’Azur (Costa Azul, a parte ao sul da França litorânea). Foi uma das melhores viagens que fiz na vida, muita paisagem linda e muita informação. Nessa parte sul da França, conhecemos Cassis, Cannes, Saint Tropez, Nice e Monaco. Nessa primeira parte, falo da ida para Cassis. Na parte 2 falo de Saint Tropez e Cannes (aqui) e na parte 3 de Nice e Monaco. Se você procura informações para viagens à Paris ou França em geral, não deixe de ler os links da série França, parte 1 (aqui), 2 (aqui), 3 (aqui) e organização da viagem (aqui).

Cassis: descobrimos o passeio para os Calanques de Cassis na internet, como sugestão de passeios. Estávamos com o carro alugado e fomos até lá. Estacionamos o carro em um estacionamento que fica no lado direito da praia principal, do lado oposto ao centro de informações de turismo (‘Oficina de Turismo’, mais informações aqui).  Tinha uma freirinha com artesanato, aproveitei para dar uma olhada, e fomos conhecer a praia, vimos um mar azul turquesa e fomos ao pegar informações sobre os famosos calanques na ‘Oficina de Turismo’. Pegamos um mapa e a atendente nos explicou o caminho. Voltamos para o estacionamento, pegamos o carro e seguimos para o caminho dos Calanques.


Lá não é permitido entrar com o carro, conforme a atendente nos explicou, há tipo um campo bem próximo ao caminho dos calanques onde podemos parar o carro. Nesse campo, pagamos um valor para o vigia. Realmente esse estacionamento fica bem próximo e grande parte das pessoas que iam fazer o passeio paravam o carro lá.



Mapas de Cassis
Depois de estacionar, fizemos uma pequena trilha/caminho para chegar ao ponto de partida. São três calanques: Port Miou, Port Pin e d’En Vau. Pelo primeiro nós passamos e fizemos uma nada suave caminhada até o Port Pin. Para ser sincera, não achei a caminhada nada tranquila. Sei que há dois caminhos, fomos pelo mais complicado. Em certos momentos, o caminho é de pedras brancas, bem escorregadias. Desci agachada rs pelo medo de cair.

Finalmente chegamos, e lá eu percebi que muita gente faz o caminho com toda a habilidade rs, então vá de acordo com a sua habilidade. Chegando lá… vimos uma paisagem linda! Realmente nunca tinha visto nada igual, porém a água é bem geladinha e ao invés de areia, temos pedras. Não entrei na água, aproveitei para relaxar. Não continuamos a caminhada, pois me pareceu que a caminhada para o Calanque d’En Vau era mais pesado. Então ficamos aproveitando por ali mesmo.


Algumas observações válidas: lá não tem quiosque e nem vendedor ambulante, então leve em sua mochila água e alguns biscoitinhos. Como não tem areia, e sim pedra, mesmo que você vá de tênis para a caminhada, leve havaianas, ou seu chinelo, que possa entrar no mar. 

Na volta, fizemos um caminho que parecia mais complicado, mas no fim, acabou sendo mais tranquilo. Não sei como explicar, mas é o caminho no qual você sobe pelas pedras mais para a frente.


Depois que voltamos, pegamos o carro e voltamos à parte central de Cassis. Aproveitamos para comer algo em um bistro aberto. Achei o passeio muito válido, realmente é algo bem diferente do que conhecemos. 
Postar um comentário